Nova Prata, quinta-feira | 27 de junho de 2019

Prefeitura Municipal de Nova Prata

This is an example of a HTML caption with a link.

Combate ao Aedes aegypti deve ser permanente

Última atualização em 14/02/2018 16:08:03

 

O aparecimento de larvas do mosquito Aedes aegypti em uma armadilha estratégica localizada no bairro Santa Cruz reforça os apelos para que se evite o aparecimento de criadouros do inseto causador da dengue, zika e chicungunya em Nova Prata.

A Vigilância Ambiental do Município, responsável pelas vistorias e campanhas, após a identificação das larvas realizou monitoramente e analisou imóveis e terrenos num raio de 300 metros e constatou que não mais apareceram larvas naquela armadilha e nem nas outras 36 dispostas no perímetro urbano da cidade.

Nova Prata continua sendo um dos municípios da Serra Gaúcha sem focos do mosquito Aedes aegypti e para isso todos podem colaborar. A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

Na foto o registro das agentes monitorando as armadilhas.

 

 

 

© Todos os direitos reservados - www.novaprata.rs.gov.br
Webprata