Nova Prata, segunda-feira | 24 de setembro de 2018

Prefeitura Municipal de Nova Prata

This is an example of a HTML caption with a link.

Domingo para celebrar as etnias

Última atualização em 22/05/2018 13:59:56

 

No domingo, 20 de maio, as atividades começaram cedo em Nova Prata. O frio da manhã foi superado pelo entusiasmo de um grupo de pessoas que participou da Caminhada das Etnias, promovida pela Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer e pela Associação Vozes das Etnias.

 

O grupo saiu da Igreja Matriz em direção à comunidade Gramado e fez paradas no Parque da Gruta, que integra o Roteiro Religioso; na Casa Polonesa onde foram recebidos pela família Hameski e tiveram contato com a etnia polonesa. A caminhada seguiu para o bairro São Peregrino onde visitou a igreja de pedra e na casa da família Frizon, que possui traços da arquitetura italiana, o coral Per Tutte L Ettá recepcionou os peregrinos com música. Em seguida, rumaram para a comunidade Gramado, onde visitaram a propriedade das famílias Cassol; nas famílias Buaszczyk, a recepção foi comidas e bebidas da gastronomia polonesa. Ao final do trajeto, os peregrinos visitaram a exposição de quadros em basalto na família DeConto e o encerramento foi no Museu Rural com um lanche especial e visitação ao acervo do local.

 

Tarde de celebração e gastronomia

 

A programação do dia continuou à tarde com uma celebração no capitel em frente ao Museu Rural. Ministrado pelo padre Constante Pasa, o momento de fé motivou para refletir sobre a solidariedade entre os povos e pedidos de paz ao mundo. O padre abençoou sementes de girassol que foram distribuídas aos presentes e também abençoou a nova escada do Museu, obra que fez parte da revitalização do prédio.

 

Integrou a programação, uma mostra de empreendedores locais que aconteceu na propriedade de Agenor DeConto e também um café colonial na propriedade de Maria Sbroglio, onde a farta gastronomia e o aconchego do fogão à lenha reuniu mais de 40 pessoas.

 

As atividades integraram a programação da Semana Nacional dos Museus no Brasil e também o Dia da Etnia Italiana no Rio Grande do Sul.

 

Capitel terá Santo São João Antônio Farina

 

Na mesma tarde, o professor e historiador Geraldo Farina sugeriu que o capitel existente junto ao Museu Rural seja dedicado a São João Antônio Farina, que foi canonizado em novembro de 2014 pelo papa Francisco. João Antônio Farina nasceu em 11 janeiro de 1803, em Gambellara (Vicenza-Itália) foi sacerdote, professor e bispo na diocese de Treviso. Distinguiu-se pela prática da caridade e pelo zelo pastoral.

 

De acordo com Geraldo, que reuniu familiares naquela celebração, a dedicação do capitel ao Santo tem um significado importante para a região que tem muitos descedentes com o mesmo sobrenome do Santo.

 

O Museu Rural do Imigrante italiano

 

Instalado na comunidade Gramado, o Museu Rural do Imigrante Italiano foi criado em janeiro de 2000 e inaugurado no dia 27 de novembro de 2004 e possui um grande acervo que conta a história da imigração italiana em Nova Prata.

 

Sob responsabilidade da Associação de Resgate Cultural Vozes das Etnias, o espaço pode ser visitado por agendamento pelos telefones 54.3242.2156 ou 999174528, com Eliana e 3242.5536 ou 9996125986, com Maria.

 

 

© Todos os direitos reservados - www.novaprata.rs.gov.br
Webprata